quinta-feira, 29 de abril de 2010

Adeus Mavs


O Dallas Mavericks foi novamente eliminado nos playoffs, essa foi a terceira vez em quatro anos, que a equipe de Mark Cuban é eliminado na primeira rodada. Nos últimos 11 anos, consegue aparecer nos playoffs, mas nunca conseguiu vencer o título. O Dallas começou muito mal a partida, chegando a perder por 22 pontos, mas depois do ontervalo, conseguiram tirar a vantagem e equilibrar a partida. Graças a Dirk Nowitzki, que marcou 25 pontos no segundo tempo da partida, 33 no total.
Mas o Spurs tem Duncan e Ginobili. O "Mr. Fundamentals" marcou 17 pontos e pegou 10 rebotes, já o argentino, que jogou com a napa quebrada, fez 25 pontos, pricipalmetne nos momentos decisivos, decretando a vitória por 97 a 87, acabando com o sonho títulos do Mavs.

Suns avançam

Quem também foi eliminado foi o Blazzers, que sofreu muito com as bolas do perímetro do Suns, que foram 12 no total. Quem comandou a eliminação od Portland foi o ala Jason Richardson, que marcou 28 pontos, 14 no primeiro quarto. Mesmo com a luta, principalmente dos jogadores que vieram do banco como Webster e Fernandez, não evitou a derrota por 99 a 90, mesmo jogando em casa. A séire termina, 4 a 2 para o Phoenix, e o Portland pelo segunda ano consecutivo não consegue passar da primeira rodada da pós temporada.
Agora o Suns enfrentará o Spurs na próxima rodada,o confronto commeçará na próxima segunda, abrindo a o segundo round da conferência oeste.

Evans vence o ROY


Tyreke Evans, armador do Sacramento Kings, venceu o Rookie of the year (melhor novato do ano), anunciado hoje, dia 29.
Evans recebeu 67 votos como primeiro colocado, somando no total, 491 pontos, 100 pontos a frente do segundo colocado, o também armador Stephen Curry e o terceiro coloado com 204 pontos foi Brandon Jennings.
Evans foi selecionado em quarto no Draft, e promessas como Hasheem Tabeet e Blake Griffin não foram efetivos nessa temporada, os armadores novatos se destacaram, tato é que ele chegou a anotar triple-doubles e grandes atuações e outros novatos também, como Curry, além de outras grandes performances, como os 55 pontos de Jennings.
Tyreke se juntou a Jordan, LeBron e Oscar Robertson a serem os únicos novatos a conseguirem médias acima de 20 pontos, 5 rebotes, e 5 assistências por jogo nas suas temporadas como calouro.
Outra façanha dele, foi ter conseguido levar os rookies a vitória na partida entre calouros e segundoanistas, com 26 pontos, 6 rebtes e 5 assistências. Como consequência disso, foi eleito o MVP do Rookie Challenge, em abril.

Veja Evans recebendo o prêmio de Novato do ano:


Veja as 10 melhores jogadas dele na temporada:

Bucks e Nuggets vencem


O Milwaukee Bucks conseguiu uma inesperada vitória sobre o Hawks, que mesmo jogando em casa com toda a sua trocida a favor e motivada pela entrega do prêmio de melhor sexto homem para Crawford, não foram suficientes para segurar Brandon Jennings. O calouro mostra a cada dia que será um dos melhores armadores da liga, prova disso foram os 25 pontos na partida.
O Bucks conseguiu tirar uma grande vantagem do Hawks no último quarto, com uma sequência de 14 pontos contra nenhum do Atlanta, conseguindo a vitória por 91 a 87.
Agora o Bucks tem a chance de terminar com a série na próxima partida, onde jogará em casa.


Denver evita a eliminação

O Denver Nuggets foi a Salt Lake City e enfrentou o Jazz, que vencia a série por 3 a 1. O Nuggets foi liderado pelo ala Carmelo Anthony, que marcou 27 pontos e pegou 11 rebotes e ofuscou a grande performance do armador Deron Williams, que marcou 34 pontos e 10 assistências. O Denver conseguiu evitar a eliminação, vencendo a partida por 116 a 102, mas ainda a situação é muito complicada, já que deve vencer as próximas duas partidas.
O acontecimento negativo da partida foi a contusão do brasileiro Nenê, que atuou apenas por 14 min e foi forçado a sair devido a uma forte torçao no tornozelo e provavelemte desfacará a sua equipe nas próximas partidas.

quarta-feira, 28 de abril de 2010

Acabou a brincadeira

O Los Angeles Lakers mostrou para o Thunder que não estão de brincadeira e impediram qualquer chance de uma vitória surpreendente da galerinha de Oklahoma. O Lakers praticamente venceu o jogo no garrafão, onde Andrew Bynum e Pau Gasol domiaram as ações defensivas e ofensivas da equipe, ambos terminaram com um double-double. Gasol terminou a partida com 25 pontos e 11 rebotes, Bynum com 21 pontos e 11 rebotes. O Lakers somou 58 pontos osmente no garrafão fraco do Thunder "comandado" pelo excelente pivô Nenad Kristic.
Ninguém conseguiu se destacar pelo Thunder. Durant terminou bem abaixo da sua média, com apenas 17 pontos, e Westbrook com 15 e 8 erros. A partida terminou 101 a 87 para o Lakers.
Agora o Lakers tem tudo para classificar, pois ainda jogará o jogo sete em seus domínios.

Cavs garante a classificação
O Cleveland terminou a sua série contra o Bulls ontem, por 4 a 1. Mesmo com dificuldades, o Cavs conseguiu vencer, por 96 a 94. LeBron foi pouco efetivo no ataque, somente 19 pontos, porém, excelente em outros quesitos, como os 10 rebotes e 9 assistências. O Bulls terminou a sua boa participação na pós-temporada com mais uma ótima partida de seu jovem armador, Derrick Rose, que terminou a partida com 31 pontos, com médias de 27 pontos e 7 assistências nos Playoffs.
Agora o Cavs enfrenta o Boston Celtics, prometendo ser um grande confronto entre duas das melhores equipes da liga.
Celtics também classifica

Quem também despachou o seu adversário foi o Celtics, impedindo qualquer tentativa de reação do Heat, encerrando a série em 4 a 1. Nem todo o brilhantismo de Wade foi suficiente para evitar a eliminação da sua equipe. Wade terminou a partida com 31 pontos, 8 rebotes e 10 assistências, que não foram suficientes para evitar a derrota por 96 a 88. Ray Allen terminou com 24 pontos e Rondo com um double double, 16 pontos, 12 assistências e 8 rebotes.
O Celtics enfrentará o Cleveland, e teremos enfim, a chance de ver se o Cavs pode ou não, ser favorito ao título e se o Bonston usará toda a sua experiência a seu favor.

O que aconteceu Ginóbili?
O Dallas Mavericks venceu o San Antonio Spurs e evitou a eliminação precoce na série. Caron Butler foi o heroi o Mavs, marcando 31 pontos e pegando 11 rebotes, dando a vitória por 103 a 81. As grande estrelas do Spurs não fizeram uma boa atuação. Ginobili terminou a partida com apenas 7 pontos e Duncan com 11.
O Spurs jogará a próxima partida em casa, e portanto, terá a chance de encerrar o clássico do Texas.
Veja como foi o show de Butler:

terça-feira, 27 de abril de 2010

Crawford é o melhor 6° homem

Hoje, quarta dia 27, o armador do Atlanta Hawks, Jamaal Crawford, recebeu o prêmio de melhor reserva da NBA. Sempre muito importante para a sua equipe na temporada regular, Crawford teve essa temporada, a oportunidade de participar de usa primeira série de playoffs na carreira, talvez faltava isso para comprovar que ele é um dos mais decisivos da liga.
Com médias de 18 pontos e 3 assistências na temporada regular, e bateu jogadores como Jason Terry(DAL) e Anderson Varejão(CLE), segundo e terceiro colocados respectivamente. Nessa temporada também, ele conseguiu atingir a marca dos 10.000 pontos e 2.500 assistências na carreira.
Jamaal recebeu 580 dos 610 pontos possíveis, incluindo 110 dos 122 pontos possíveis, sendo sem dúvidas, o melhor jogador que vem do banco em toda a NBA.

Bye Bye Bobcats

Ontem foi decidido o primeiro classificado para a fase semi finais de conferencia, e foi o Orlando Magic, que comandado por Vince Carter, que marcou 21 pontos, despachou o Bobcats, por 99 a 90, que era estreante nos Playoffs. O Magic venceu a partida nas bolas de 3 pontos, acertando 13 delas no perímetro. Já o Cats teve como destaque Tyrus Thomas, que vindo do banco marcou 21 pontos e pegou nove rebotes.
Agora o Orlando espera pelo confronto entre Heat e Celtis, que pode ser decidido hoje, já que basta apenas uma vitória para o Boston garantir a vaga.





Bucks vence mais uma
Pela segunda vez na série, o Bucks vence e empata com o Hawks, agora a série está 2 a 2. A partida de ontem terminou 101 a 104 para a equipe de Milwauke. Poucos esperavam que o time do novato Brandon Jennings tivesse forças para equilibrar a série contra o Hawks. O calouro marcou 23 pontos. Combinando ele, Salmons e Delfino, marcaram juntos 67 pontos, grande maioria dos pontos da equipe na partida.
Mesmo com a derrota, a equipe de Joe Johnson, que marcou 29 pontos e deu 9 assistências, ainda tem a vantagem na série, pois tem a vantagem de decidir a série, se necessário, em casa.




O último jogo do dia foi entre o Blazzers e o Suns. Jogando em casa, o Suns conseguiu uma vitória tranquila, por 107 a 88,chegando a vencer por 41 pontos, com grande destaque para o reserva Channing Frye. com 20 pontos. Outros jogadores vieram do banco e se destacaram, como o ala Jared Dudley, com 19 pontos. Roy não foi efetivo para o Blazzers na sua segunda partida pelos Playoffs, marcando somente 5 pontos vindo do banco.



segunda-feira, 26 de abril de 2010

Momento TV Fama

A ex-mulher do ex-jogador Antonie Walker, que teve passagem em times como Memphis Grizzlies, Boston Celtics e Miami Heat, foi flagrada por um ex-amante(quanto ex nessa história), e foi parar no site ‘Young, Black & Fabulous’. Lozada Evelyn atualmente participa de programas de televisão e também é dona de uma marca de calçados de luxo.
Walker parou de jogar devido a problemas pessoas fora e dentro da quadra, possui atualmente uma dívida de 4 milhões de dólares, mesmo conseguindo faturar cerca de 110 milhões durante sua carreira. Talvez ele tenha entrado em depressão por descobrir que é corno.

Veja as fotos de Lozada como veio ao mundo
http://theybf.com/2010/04/22/exclusive-basketball-wife-evelyn-lozada-caught-sending-naked-flix

*NBA-gametime informa: nosso blog não incentiva nem incita qualquer tipo de pornografia ou qualquer atividade que se diz respeito a caráter de conteúdo sexual. Somos um blog de família. Aprecie com moderação.

Tudo decidido?

Após todas as equipes, menos o Hawks e Bucks, terem jogados já quatro partidas nas suas respectivas séries, alguns confrontos já estão praticamente decididos, outros nem tanto. Confira quem são os novos favoritos:

Conferência Leste

Cleveland Cavaliers x Chicago Bulls 3-1

Antes de começar, essa série já tinha acabado. O Cavs, fez a melhor campanha e teve o MVP da temporada ( ainda não divulgaram, mas todo mundo já sabe). O Cleveland conseguiu abrir 2 a 0, e mesmo com a vitória do Bulls no terceiro jogo, a reação parece ter acabado por ali. Cavs 3 a 1. Chances: 99% Cavs.

Orlando Magic x Charlotte Bobcats

Eu particularmente, não pensava que antes do confronto começar que seria uma varrida do Magic, mesmo o grande jogador da equipe da Flórida, Dwight Howard, não está jogando bem, outros jogadores chamaram a responsabilidade, como o armador Jameer Nelson. O resultado disso é um 3 a 0 na série vaga praticamente garantida.
Chances: 99% Magic

Boston Celtics x Maimi Heat

O Miami não merecia estar sendo eliminado dessa forma, pois a equipe está jogando bem, mas muitas vezes falta sorte. O Celtics conseguiu abrir uma vantagem por 3 a 0 e mesmo com a vitória do Heat ontem (ou de Wade), somente um milagre tira a vaga da equipe mais vencedora da história. A próxima partida será amanha, em Boston. Grandes chances da série terminar por ali mesmo.
Chances: 93% Celtics- Ainda tenho esperanças. Go Heat!

Atlanta Hawks x Milwaukee Bucks

O confronto foi decidido a partir do momento em que o pivô do Bucks, Andrew Bogut, se contundiu e não iria jogar a pós-temporada. A seua equipe sente muita falta da sua presença na parte pontada da quadra. Mesmo com boas atuações de Jennings, o Bucks perde por 2 a 1.
Chances: 83% Hawks

Conferência Oeste
Los Angeles Lakers x Oklahoma City Thunder

Diferentemente de muitas pessoas que afirmavam que o Thunder seria "varrido" pelo Lakers, eu sempre manti a minha opinião de que a séria seria equilibrada. Mesmo assim, nunca disse que eles iriam vencer. E mesmo com todo o equilíbrio, a vantagem é do time de Kobe e cia., que jogarão a última partida em casa, se necessário.
Chances: 70% Lakers

Dallas Maverics x San Antonio Spurs

O Mavs, mais uma vez, fez uma boa campanha na temporada regular, mas quando se fala em Playoffs, a coisa muda. A experiência de jogadores como Duncan e Ginóbili estão fazendo a diferença nessa reta final e após a vitória no jogo dois, conseguiram uma boa vantagem, que está 3 a 1 para o Spurs. Após Kidd bater na trave duas vezes com o Nets, e Nowitzki com o próprio Dallas em 2006, essa temporada tem tudo para ser mais um ano em que Dirk e Kidd baterão na trave e não conquistarão o título.
Chances: 88% Spurs

Denver Nuggets x Utah Jazz

Assim com o Dallas, o Nuggets praticamente deixou a vaga escapar quando foi superado pelo Jazz no jogo dois. A defesa não funciona, prova disso são os placares elevados em que a equipe está sofrendo, e no ataque, é bola em Melo e seja o que Deus quiser. Já o Jazz vem conseguindo excelentes atuações, principalmente de suas duas estrelas, Williams e Bozzer, que estão provando ser uma das melhores duplas da NBA, relembrando os tempos de Stockton e Malone(nas suas devidas proporções, obviamente). Acho que as chances de título do Denver ficarão para o ano que vem, e o Jazz irá longe em busca do tão esperado título.
Chances: 85% Jazz

Phoenix Suns x Portland Trail Blazzers
Com uma inesperada vitória na primeira partida da série, sem seu melhor jogador, Brandon Roy, o Blazzers não conseguiu manter a regularidade jogando em casa, perdendo na terceira partida do confronto, deixando o Suns empatar e obter novamente vantagem na série. Agora Roy voltou, irá acrescentar muito a essa equipe que conta ainda com o bom jogador LaMarcus Aldridge. Muitas coisas ainda irão acontecer nesse confronto, que ainda não está decidido, mas a vantagem ainda é do Suns.
Chances: 73% Suns
Como vocês podem ver, está praticamente tudo decidio, mas ainda tem quem acredite em viradas. Não é o meu caso. Anotem aí, todos os resultados que eu estou prevendo, se concretizarão, ou eu não me chamo Mijolary.

domingo, 25 de abril de 2010

Wade e LeBron brilham

No fim da temporada, Wade e LeBron se tornarão free agents, grande oportunidade para essas duas estrelas jogarem juntos, quem sabe no Knicks. Se os dois jogarem como jogaram nesse domingo, ninguém irá pará-los. Wade foi simplesmente sensacional na quarta partida da série contra o Boston. Memso já perdendo por 3-0 e ficando praticamente impossível vencer, o Heat venceu por 101 a 92, com 46 pontos de Dwyane Wade, que fez de tudo, enterrou, acertou 5 bolas de 3, deu 5 assistências e pegou 5 rebotes. Ele estava simplesmente imparável, principalmtente no último quarto, onde acertou 4 bolas seguidas dos três pontos, marcando 19 no total. Os 46 pontos da tarde, foram o recorde em playoffs de Wade, que já conseguiu ultrapassar a marca dos 40 por 6 vezes na pós-temporada. Agora o Heat voltará pra Boston, buscando se manter vivo na série.

Confira a espetácular "vitória de Wade" sobre o Celtics


Já o craque do Cleveland foi mais modesto na pontuação, "apenas" 37, mas não economizou nos rebotes nem nas assitências, foram 12 e 11 respectivamente no total, mais um triple-double para o rei de Cleveland. Nem os 21 pontos e 20 rebotes do pivô Noah foram suficientes para evitar a lavada do Cavs, por 121 a 98, fora de casa.

Pela conferência oeste, o Dallas visitou o Spurs e foi derrotado por 92 a 89, com grande atuação do armador George Hill, que marcou 29 pontos. Pelo Mavs, Nowitrzki marcou 171 pontos e pegou 11 rebotes. Agora o Dallas se complicou muito na série, perdendo por 3 a 1. A próxima partida será em Dallas, na terça-feira.

Quem também conseguiu abrir uma boa vantagem, foi o Utah Jazz, que também vence a série por 3 a 1. O Nuggets foi comandado pelo ala Carmelo Anthony, que marcou 39ontos e 11 rebotes, porém, cometeu 9 erros, principalmente pelas inúmeras faltas ofensivas cometidas por ele. Nenê anotou um double-double, 10 pontos e 11 rebotes, que não foram suficientes para evitar a derrota por 117 a 106, fora de casa. Deron Williams prova a cada dia que é o melhor armador da NBA, prova disso foram os 24 pontos e as 13 assistências, muitas delas para o seu companheiro, Carlos Boozer, que anotou um double-double, 31 pontos e 13 rebotes. Essa dupla promete dar muito trabalho.
Confira como foi a vitória do Jazz, da dupla Williams e Boozer:

sábado, 24 de abril de 2010

Hora de tirar a vantagem


Hoje foi o dia das equipes que estão perdendo a série diminuirem a vantagem do adversário. A única exceção do dia foi o Bobcats, que mesmo jogando a primeira partida da equipe em playoffs em casa, foi batido pelo Magic em um jogo muito equilibrado. Como Howard não jogou bem, mas mesmo assim deu 7 tocos, quem chamou a responsabilidade foi o armador Jameer Nelson, que marcou 32 pontos, sendo 19 no primeiro quarto, recorde da franquia em Playoffs. Agora a situação ficou quase impossível para o Bobcats, que terá que vencer todos os jogos, o que nunca aconteceu na história da NBA. Placar final: 90 a 86





Blazzers vence com volta de Roy
A segunda partida da noite foi entre o Suns e o Blazzers, que contava com a volta do seu ala Brandon Roy, que voltava após uma cirurgia no joelho. Roy atuou apenas 26 minutos, e marcou 10 pontos, muito importantes na vitória por 96 a 87. Agora a série está empatada em 2 a 2, voltando para Phoenix, onde pode praticamente decidir a série. O destaque ficou para o ala-pivô LaMarcus Aldridge, que anotou seu recorde em playoffs, 31 pontos, além de 11 rebotes.






Bucks ainda vivo
Após perder as duas primeiras partidas da série, o Milwaukee Bucks esboçou uma reação e venceu o Hawks sem muitas dificuldades. John Salmons foi o destaque com 22 pontos, porém, o que fez diferença para o Bucks foi o conjunto, visto que 6 jogadores anotaram duplo-dígitos na pontuação.
Confira como foi a partida:





Thunder vence mais uma


Mais uma vez o Thunder venceu, após uma grande partida na quinta, que deu muita moral a equipe para a partida de hoje. Com mais uma boa atuação da dupla Durant e Westbrook, o time de Oklahoma venceu por sem muitas dificuldades, por 110 a 89, chegando a vencer por 30 pontos na partida de hoje. Durant anotou 22 pontos, e Westbrook, 18 pontos, 8 rebotes e 6 assistências. Será que esta jovem equipe que está empolgando a todos pode bater o Lakers e seguir nos Playoffs? Se jogar como jogou nas duas últimas partidas, não tenho dúvida de que surpreenderá a todos.

sexta-feira, 23 de abril de 2010

Pierce salva o dia

O primeiro jogo da noite foi entre o Boston Celtics e o Miami Heat. A equipe do astro Dwyane Wade precisava da vitória para se manter viva na série, mas não foi isso que aconteceu. Mesmo jogando em casa e com grande atuação de Wade, que marcou 34 pontos, o Heat não conseguiu a sua primeira vitória nos Playoffs, sendo superado pelo placar de 100 a 98. O Celtics contava com a volta de Garnett após a sua suspensão pela confusão no jogo 1, o que fortaleceu ainda mais a equipe. Paul Pierce foi o grande destaque da partida, não só pelos seus 32 pontos, mas pela sua cesta que garantiu a terceira vitória e praticamente a vaga a próxima rodada, já que nunca na história dos Playoffs algum time conseguiu reverter um placar por 3 a 0. Provavelmente, essa não será a primeira vez.

Confira como foi a partida, inclusive a cesta da vitória de Pierce:













Spurs vence e abre vantagem

A segunda partida da noite foi, como toda a série, muito equilibrada, decidida somente no fim, onde o trio Ginobili, Parker e Duncan fizeram a difereça, combinando 63 dos 94 pontos da equipe. O Spurs mostrou toda a experiência e o fator casa fez a diferença. Ginobili machucou durante a partida, devido a um sangramento no nariz em uma cotovelada dada por Nowitzki, mas ele voltou e fez a diferença para o Spurs vencer a segunda partida na série. Nem os 34 pontos de Nowizki foram suficientes para evitar a derrota, por 94 a 90. A série que agora está 2 a 1 para o San Antonio, que jogará a próxima partida em casa e tem a chance de praticamente acabar com o confronto.

Coitado do cotovelo de Nowitzki


Jazz vence sem problemas


O Denver Nuggets visitou o Utah Jazz e foi despachado em uma partida sem muitas dificuldades para a equipe de Salt Lake City. Com boa atuação do banco do Jazz, principalmente do pivô Paul Milsap, que marcou 22 pontos e 19 rebotes, eles conseguiram, assim como o Spurs, abrir vantagem por 2 a 1 na série, vencendo uma partida fora de casa. Os 25 pontos de Anthony, e os 25 de Billups, não foram suficientes para evitar a derrota por 105 a 93.


quinta-feira, 22 de abril de 2010

Ninguém está morto


A primeira partida em casa da história do Oklahoma City Thunder nos playoff, também foi a primeira vitória desse time que foi "empurrado" pela sua torcida e conseguiram vencer os atuais campeões da NBA. Durant conseguiu a sua maior marca de rebotes na carreira, 19, e mesmo errando muitos arremessos no início da partida, foi muito importante nessa vitória que vai dar muita moral para a equipe no jogo 4, que também será diante de sua torcida. O Lakers teve um começo arrasador, chegando a abrir 10-0, acertando todos os arremessos tentados, entretanto, o bom armador Russell Westbrook foi excelente ofensivamente e foi quem motivou essa equipe com jogadas espetáculares, como enterradas que levantaram a galera. Westbrook marcou 27 pontos na partida, dois a menos que o cestinha Kevin Duran, com 29. Pelo Lakers, Kobe tentou de todas as maneiras, mas foi bem marcado, principalmente por Durant no último quarto, onde ele marcou apenas 4 pontos, terminando com 24. Outro fato que marcou a partida foi a entrega do prêmio de melhor técnico da temporada, que foi para o comandante do Thunder, Scott Brooks.


Quem também venceu e mostrou ainda estar vivo, foi o Chicago Bulls, que após ser massacrado nos dois primeiros jogos, parece tentar uma reação. Mesmo com os 39 pontos, 10 rebotes e 8 assistências de LeBron James, o Cavs não conseguiu bater o Bulls, após uma teentativa de reação no último quarto. Os armadores Kirk Hinrich e Derrick Rose foram os destaques da partida, juntos marcaram 58 pontos, sendo 37 de Rose. gora o Bulls jogará em casa e busca empatar a série e quem sabe surpreender o grande favorito ao título. No final o placar ficou muito equilibrado, 108 a 106 para o Bulls.


Pela última partida do dia, o Phoenix Suns mostrou quem manda e atropelou o Portland, com grande atuação de Jason Richardson, que marcou 42 pontos e 8 rebotes. O Blazzers, mesmo vencendo a primeira partida entre as duas equipes, não encontrou forças para vencer o Suns, mesmo jogando em casa, porém, sem sua estrela, Brandon Roy. A partida terminou 108 a 89.

Brooks vence o MIP



O armador do Houston Rockets Aaron Brooks, recebeu hoje, quinta feira, o prêmio de jogador que mais evoluiu na temporada(Most Improved Player). Conseguindo médias de 19,6 pontos e 5,3 assistências por jogo, maiores em sua carreira. Foi o grande destaque do Rockets nessa temporada, principalmtente pelo desfalque de Yao Ming e da troca de T-Mac. Brooks chegou a participar da D-League( liga de desenvolvimento da NBA) na sua temporada como novato, o segundo jogador a participar dessa liga que venceu o prêmio, o primeiro foi Bobby Simmons. Na temporada passada teve médias de 12 pontos por jogo, mostrando a sua evolução para esta temporada.
Rececbendo 403 dos 615 votos possíveis, conseguiu vencer com uma grande margem do segundo colocado, Kevin Durant, que recebeu 101 pontos.

Spurs e Magic vencem



Com grande atuação de Tim Duncan, que marcou 25 pontos e 17 rebotes, o San Antonio Spurs venceu o Dallas Mavericks, por 102 a 88 fora de casa pela segunda partida da primeira rodada dos Playoffs. Agora a série está empatada em 1a1, comprovando as aspostas de que esse seria um dos confrontos mais equilibrados. Além de Duncan, Ginobili também se destacou, com 23 pontos. Pelo Mavs, o destaque foi, como sempre, Dirk Nowitzki, com 24 pontos e 10 rebotes.
Confira como foi a partida:

O outro duelo da noite foi entre o Orlando Magic e o Charlotte Bobcats. A equipe da Flórida não encontrou dificuldades para vencer a partida, por 92 a 77. Dwight Howard recebeu o prêmio de melhor defensor da temporada, e mostrou porque foi merecdor, anulando as ações ofensivas do adversário principalmente no garrafão. Prova disso foi o baixo placar do Bobcats. O destaque do Magic foi Vince Carter, com 19 pontos e 5 rebotes. Pelo Charlotte, o ala Stephen Jackson marcou 27 pontos, mas não foram suficientes para evitar a derrota da sua equipe.

quarta-feira, 21 de abril de 2010

Scott Brooks é eleito o técnico do ano


Scott Brooks, técnico do Oklahoma City Thunder, a grande surpresa da temporada, foi eleito o técnico do ano. Após conquistar 50 vitórias, 27 a mais que na temporada passada, e garantir a vaga nos playoffs, Brooks se mostrou merecedor desse prêmio, principalmente por ter sido um dos que mais trabalharam nesse processo de renovação do antigo Seattle Supersonics para o atual Oklahoma City Thunder.
Scott, como o time do Thunder, é muito novo e pouco experiente, essa foi a sua primeira temporada como técnico principal, e com certeza em pouco tempo poderá ser vencedor juntamente com a sua atual equipe.

terça-feira, 20 de abril de 2010

Sem KG, sem problemas


Mesmo sem Kevin Garnett, o Boston conseguiu uma importante vitória sobre o Miami, por 106 a 77. O destaque da partida foi o ala-armador Ray Allen, acertando 7 bolas de 9 tentadas dos 3 pontos, marcando 25 pontos na partida. Glen "Big Baby" Davis, foi o responsável por substituir KG, e não desapontou, marcou 23 pontos e pegou 8 rebotes. O Heat fez uma péssima partida, a defesa do Celtics dominou o garrafão e não facilitou para o adversário nos arremessos do perímetro. Wade foi o destaque do Miami, com 29 pontos.
Agora a série vai para a Flórida, onde o Heat tentará a recuperação e quem sabe surpreender os Celtics.


Outra partida da noite foi entre o Atlanta Hawks e o Milwaukee Bucks. O Hawks conseguiu uma vitória sem muitas dificuldades, por 96 a 86, com boa atuação dos alas Joe Johnson, com 27 pontos e Josh Smith, que por muito pouco não anotou um triple-double, com 21 pontos, 14 rebotes e 9 assistências. O Bucks sentiu muita falta do seu pivô Andrew Bogut, ficando com a parte pintada da quadra fragilizada com a sua ausência.
Veja como foi a vitória do Hawks:



Agora vamos dar uma passada pelo oeste, onde o Lakers buscava ampliar a sua vantagem na série contra o Oklahoma, mas a partida não foi fácil, mantendo o equilibrio do início ao fim terminando 95 a 92 para o Lakers . Diferentemente da primeira partida entre as duas equipes, Durant brilhou, marcando 32 pontos e pegando 8 rebotes, mesmo sofrendo forte marcação de Ron Artest. Kobe se mostrou mais uma vez decisivo e frio nos momentos importantes, comandando o Lakers com seus 39 pontos.

O último jogo do dia, foi entre o Phoenix Suns, e o surpreendente Portland Trail Blazzers, que desta vez não surpreendeu e a vitória ficou com o Suns. Uma partida que foi tranquila desde o início e comandados por Nash, que deu 14 assistências, venceram facilmente, por 119 a 90. O cestinha da partida foi Jason Richardson, com 29 pontos.

Howard mais uma vez


Pelo segundo ano consecutivo, o pivô do Orlando Magic venceu o prêmio de melhor defensor da NBA, se tornando o único até hoje a liderar a liga em tocos e robotes na mesma temporada, se não bastasse, também liderou em aproveitamento de arremessos. Howard foi com certeza merecedor desse prêmio, com médias de 13,2 rebotes e 2,8 tocos, anotando 64 double-doubles nesta temporada, obtendo médias excelentes. Hoje com 24 anos, com seus 2,11 metros e 120 quilos, o jogador que foi draftado em primeiro no draft de 2004, se tornou um dos mais novos a vencer qualquer prêmio na NBA por dois anos consecutivos. No primeiro jogo dos playoffs dessa temporada, ele conseguiu a marca de 9 tocos, mesmo fazendo uma partida fraca. Talvez seja por isso que ele seja chamado de Superman.

Lebron e Williams brilham


Com uma grande atuação do armador Deron Williams, o Utah Jazz conseguiu uma importante vitória sobre o Nuggets, fora de casa, na segunda partida da série. Williams marcou 33 pontos e deu 14 assistências. Pelo Denver, Carmelo foi o destaque, com 32 pontos, mas não foi suficiente para evitar a derrota por 114 a 111.


A outra partida da noite foi entre o favorito Cleveland Cavaliers e o Chicago Bulls. Apesar dos 40 pontos de Lebron James, o Cavs venceu apertado a segunda partida, por 112 a 102, partida que foi equilibidrada até o ultimo quarto onde o Chicago não conseguiu segurar Lebron e cia. Além dos 40 pontos, James ainda pegou 8 rebotes e deu 8 assistências.

domingo, 18 de abril de 2010

Garnett é suspenso


O jogador do Boston Celtics Kevin Garnett foi suspenso pela liga por uma cotovelada no jogador do Miami, Quentin Richardson, com isso ele ficará fora da segunda partida dos playoffs. Além da suspensão, Garnett terá de pagar uma multa no valor de 45 mil reais.
O lance ocorreu porque o ala do Miami não gostou de uma paralisação para atendimento de Paul Pierce, que havia se machucado no lance anterior.
Com a suspensão, a série muda completamente, já que se o Heat vencer a segunda partida, que será em Boston, poderá obter vantagem na série, e quem sabe avançar na pós-temporada.

Na hora que o bixo pega, a experiência faz toda a diferença, e um time que conta com veteranos como Derek Fisher, Ron Artest e o próprio Kobe, obtiveram vantagem sobre as crianças de Oklahoma. Já que o ataque do Lakers não foi dos melhores hoje, a vitória do Lakers, por 87 a 79, foi concretizada muito pelo fato da defesa ter conseguido parar o cestinha da temporada, Kevin Durant, e por dominar as ações no garrafão. Durant foi muito bem marcado pelo mico-leão dourado, impondo uma forte defesa e proporcionando muitos erros de arremessos. Durant acertou somente 7 de 24 arremessos tentados, bem abaixo da sua média na temporada regular, que foi de 48%.
Kobe não fez uma excelente partida, mas foi muito importante nos momentos decisivos, marcando 21 pontos.
Confira como foi a partida:






A segunda partida da noite foi entre o time de segunda melhor campanha na NBA, o Orlando Magic, enfrentando o estreante em Playoffs, o Charlotte Bobcats. A equipe da Flórida encontrou dificuldades para vencer a partida, principalmente porque sua estrela, Howard, não conseguiu produzir ofensivamente, apesar de dar nove tocos na defesa. Todos esperavam grandes atuações de Howard, ou Vince mas quem brilhou na noite foi o armador Jameer Nelson, marcando 32 pontos. O Bobcats contou com uma boa atuação do ala Gerald Wallace, marcando 25 pontos e contribuindo com 17 rebotes. Placar final: Magic 98, Bobcats 89.


Um dos confrontos mais esperados é sem dúvidas o clássico do Texas, entre o Dallas Mavericks e o San Antonio Spurs. O Mavs tem a vantagem de decidir a série, se necessário, em casa, e ontem, fez valer o mando de quadra, vencendo a partida por 100 a 94 , com grande atuação, como de costume, do alemão Dirk Nowitzki, que anotou 36 pontos e 7 rebotes. Dirk foi auxiliado pelo armador Jason Kidd, experiente em Playoffs, que ficou perto de mais um triple double, marcando 13 pontos, dando 11 assistências, pegando oito rebotes e roubando 4 bolas. O destaque do Spurs foi Ginobili, que marcou 26 pontos.



A grande surpresa dos playoffs até o momento é o Portland, que venceu a um dos favoritos, o Phoenix Suns, por 105 a 100. Mesmo sem o seu grande astro, Brandon Roy, conseguiu uma importante vitória e é um dos candidatos a ser surpresa dessa temporada. O Suns vem mostrando ao longo dos anos que não é especialista nos playoffs, já que não conseguiu grandes resultados na pós temporada. O grande destaque foi o armador Andre Miller, que marcou 31 pontos e deu 8 passes.